Qual o melhor piso para colocar na cozinha? Tome a decisão correta

Entre tantas opções de pisos que podemos escolher no mercado, como saber o melhor piso para colocar na cozinha? Atualmente, mesmo com tantos pisos de diversos tamanhos, materiais e cores, […]

LER MAIS

Como Declarar Um Imóvel No Imposto De Renda

Inicialmente, quando assunto é declarar um imóvel no Imposto de Renda, todos se assustam. O medo de errar no leão sempre ronda aqueles quem tem algum bem para declarar. Ainda […]

LER MAIS

5 vantagens de morar em condomínio fechado

As vantagens em morar em um condomínio fechado tem chamado atenção de novos compradores. Ainda mais em nosso país, em que qualquer lugar que tenha o mínimo de restrição e […]

LER MAIS
10 de junho de 2020

TENDÊNCIAS DE IMÓVEIS PARA O FUTURO

Postado por Jamaica Imóveis em 10/jun/2020 - Sem Comentários

Tudo muda e o mesmo acontece no setor imobiliário. Nossa sociedade sempre foi centrada na família, mas atualmente os grupos sociais que mais crescem são os idosos, solteiros, divorciados e sem filhos. Esses grupos não adotam o método de familiar-reprodutivo e suas principais características são: longevidade; aprimoramento (profissional, educação), relações informais (na maioria dos casos, intenção de não ter filho). Portanto, três fatores determinarão o apartamento futuro: Tecnologia, versatilidade e praticidade.

A futura tecnologia de automação residencial atuará como inteligência artificial, resolverá problemas e tomará decisões para nosso conforto e bem-estar, com ênfase na sustentabilidade (economia + ambiente) e segurança. Eles trabalharão independentemente para manter o melhor ambiente térmico sem ignorar o consumo (energia e água). O apartamento e todo o condomínio terão controle automático, as janelas e persianas serão ajustadas de acordo com a luz do sol e a temperatura. O consumo e a distribuição de água serão monitorados e capturados através de diferentes fontes (reuso, chuva, potável e não potável).

Atualmente as pessoas estão preferindo grandes centros urbanos e a localização geográfica é crucial. O resultado é que o custo por metro quadrado está aumentando cada vez mais, o que força o uso máximo do espaço. Sistemas de compartimento inteligentes, móveis dobráveis ​​e embutidos e dispositivos multifuncionais ajudarão a alcançar esse objetivo. Como resultado, esse atributo se tornará prático (os objetos podem ser acessados ​​facilmente na hora e local certos). As funções domésticas não serão mais comuns (os fogões se tornarão suprimentos para armários). Outras atividades serão realizadas externamente ou compartilhadas em áreas públicas (lavanderias, Coworkings). Afinal, os residentes passam o dia em atividades externas aprimorando-se para um mundo cada vez mais competitivo.

As separações estritas entre ambientes praticamente deixarão de existir. As funções sociais e privadas serão intercambiáveis. Portanto, o dormitório (área privada) aparece quando a função social não é mais necessária, o que pode atender melhor às necessidades de dia e noite, dias úteis e finais de semana e privativo e social. Sendo assim, a função não ocupará um espaço fixo e o espaço se adaptará facilmente à função desejada. Como resultado, algumas paredes serão “removidas”, permitindo que os planos sejam alterados e ajustando a residência para pequenas mudanças. O sistema elétrico e hidráulico será instalado e acoplado ao módulo, para que a manutenção padronizada possa ser facilmente executada sem problemas.

Estas tendências já são perceptíveis, mas serão dominantes no futuro para se adaptar neste novo estilo de vida que está cada vez mais constante.

Caso tenha alguma dúvida ou sugestão deixe nos comentários, será um prazer compartilhar ideias sobre TENDÊNCIAS DE IMÓVEIS PARA O FUTURO.

Por: Jamaica Imóveis

0 Comentários

Deixe o seu comentário!