Susto com o boleto do IPTU? Taxa do lixo desvinculada “muda” o valor.

 

Proprietários de imóveis em Curitiba se assustaram com o valor impresso nos carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) recebido este ano. Isso porque, além do reajuste do imposto aprovado em dezembro pela Câmara Municipal, a partir deste ano a Taxa de Coleta de Lixo (TCL) está desvinculada do imposto predial, embora ambos sejam pagos juntos. A intenção é zerar o déficit de cerca de R$ 80 milhões no pagamento ao serviço de coleta com a inclusão de mais contribuintes, de acordo com cálculos da prefeitura. A previsão para o custo de coleta em toda a cidade este ano é de R$ 209 milhões.

Aprovado em dezembro do ano passado pelos vereadores, o imposto predial sofreu reajuste de 4% para imóveis com edificação e 7% para terrenos vazios. Assim, considerando projeções do mercado financeiro para a inflação do período entre novembro de 2016 ao mesmo mês de 2017, os proprietários de imóveis com edificação se veem diante de um acréscimo total de aproximadamente 7% sobre o que foi pago no ano passado. Para os espaços onde não há construção, o acréscimo é de cerca de 10%.

A TCL continua incluída e discriminada no boleto do IPTU, e a operação de pagamento permanece a mesma. Com a desvinculação da taxa, os imóveis residenciais passam a pagar R$ 275,40 e os não residenciais, R$ 471,60. Os valores são os mesmos já praticados no ano passado, informa a prefeitura. Para efeito de avaliação, o município considera a taxa residencial para o imóvel que gera até 600 litros de resíduo por semana.

Até o ano passado, havia um limitador relativo à taxa de lixo paga pelos proprietários. Ele impedia que o valor da taxa fosse maior que o cobrado pelo IPTU; assim, quem pagava R$ 50 de imposto predial, por exemplo, desembolsava outros R$ 50 para o serviço de coleta. “Com essa limitação, alguém estava pagando a diferença”, explica Sérgio Luiz Primo, diretor do departamento de Rendas Imobiliárias da prefeitura. “Era o município. Chegamos em 2017 com um déficit de R$ 80 milhões no serviço de coleta de lixo”, informa.

Como o valor arrecadado ficava abaixo do custo do serviço, Primo acrescenta que o município precisava tirar recursos destinados a outras áreas para que o serviço não fosse interrompido. Segundo números da prefeitura, no ano passado, foram arrecadados R$ 120 milhões para um serviço que custa R$ 200 milhões.

Isentos passam a pagar

Segundo informações publicadas no site da prefeitura, como historicamente IPTU e taxa do lixo eram cobrados juntos, os descontos e imunidades relativas ao imposto acabavam incidindo também na taxa. A isenção é concedida a proprietários de imóvel simples – de até 70 metros quadrados de área construída, padrão simples de acabamento e valor venal de até R$ 140 mil, e edificações construídas pela Cohab, incluindo as do programa Minha Casa Minha Vida -, mais clubes, igrejas, associações e imóveis públicos. Somados, informa a prefeitura, somam 450 mil imóveis em Curitiba, ou mais da metade de total.

Para esses, o desconto da taxa variava, de acordo com cada caso, desde 1% da taxa até a isenção total da cobrança do serviço. Agora, os imóveis isentos também passam a pagar pelo serviço. No caso dos imóveis simples, os proprietários vão pagar 50% dos R$ 275,40.

“Para que seja possível fazer a composição dos valores, ou se aumenta demasiadamente o valor da taxa ou se traz mais contribuintes para a lista. Foi escolhida a segunda opção, a mais viável”, detalha. “O imposto é gradual de acordo com o patrimônio: quem tem patrimônio maior, imóvel que vale milhões, por exemplo, paga IPTU mais elevado. A taxa é a remuneração pelo serviço prestado”, acrescenta o diretor.

Uma dificuldade de compreensão que a prefeitura informa já ter identificado nos questionamentos que tem recebido se refere à distribuição da cobrança dentro dos imóveis. Segundo Primo, se até o ano passado a taxa estava limitada ao valor do IPTU, hoje ela incide por unidade dentro do imóvel. “Se há um valor acima de R$ 275,40 no imóvel, é sinal de que tem mais de uma residência no local”, esclarece.

Como pagar

O pagamento integral – IPTU mais taxa de lixo – pode ser feito à vista, com desconto de 4%, até o dia 9 de fevereiro. Ou em até dez vezes, com parcelas mínimas de R$ 20, também para o valor total do boleto. A operação de pagamento é uma e só com o documento incluindo as duas cobranças.

A prefeitura informa que não haverá alteração de valor da taxa de lixo para quem já pagava integralmente pelo serviço no ano passado. Já sobre o IPTU, incide reajuste anual.

Fonte: Gazeta do Povo

 

Último
Imóveis compactos invade a capital Curitibana.
setembro 1, 2017

Com o crescimento desenfreado da urbanização dos grandes centros, o conceito e moradia precisou se adaptar, os imóveis compactos é a grande tendência nas grandes metrópoles.

Aos poucos Curitiba esta recebendo vários empreendimentos que buscar adequar espaços a qualidade de vida.  Quem investe em imóveis com 25m²  os apartamentos refletem um momento especifico  do clientes, e o preço mais baixo ajuda também na decisão, pois  é mais fácil morar próximo de seu trabalho ou onde estuda, do que investir em um apartamento de 3 dormitórios e enfrentar o transito do dia, pois a qualidade de vida não pode ser associada apenas no espaço no qual vive.

Já os compradores são de perfis variáveis, como estudantes, solteiros, divorciados e investidores, apartamentos novos e amplos são cada vez mais difíceis de encontrar, moradias menores tendem a criar uma maior densidade urbana, possibilitando que pessoas vivam mais próximas das outras e de seus trabalhos.

“Isso torna muito mais fácil caminhar, usar transporte público ou bicicleta como o meio de transporte. E espaços pequenos costumam ser mais baratos para comprar, alugar e manter, resultando em maior liberdade financeira. Muitas vezes você pode mudar de bairro, viver exatamente onde quiser, graças aos custos mais baixos”. Outro ponto positivo é o cuidado com imóvel é mais fácil de limpar e você não precisa passar o final de semana varrendo casa.

Olhamos para a planta e decidimos qual a melhor configuração de espaço para atender os objetivos planejados. Contamos muito com móveis e equipamentos embutidos para fazer um espaço pequeno ganhar o máximo de funcionalidade.

Fonte: G1.com

0
Saindo do Rosa
março 8, 2017

Hoje é o Dia Internacional da Mulher e em homenagem à data resolvemos mostrar algumas ideias de decoração para elas. Das mais delicadas às mais modernas e práticas, as mulheres têm gostos diferentes em tudo, inclusive na decoração. Decidimos sair do estereótipo do cor de rosa e trazer ideias inovadoras.

 

Clean


O estilo clean também conhecido como minimalista não tem erro:  aqui o menos é mais, as linhas retas prevalecem e as cores são neutras. São ambientes bem resolvidos, mas que podem ser facilmente alterados. O design das poucas peças são de muito bom gosto e as luminárias redondinhas transmitem a delicadeza da mulher. Assim temos elegância e simplicidade em um único ambiente.

 

Glam


Com uma proposta completamente diferente do clean, o estilo glam também é bastante querido pelas mulheres.  Aqui o que manda é o brilho: quanto mais, melhor. O glamour está presente em móveis espelhados, acessórios dourados, tecidos brilhosos como o cetim e muito mais! A paleta de cores costuma seguir uma neutralidade, pontuada com muitos detalhes em tom metálico. Lembrando muito o glamour das casas de época, com muito pano e acolchoados, assim trazer um ar mais antigo, mas ao mesmo tempo muito glamoroso como o próprio nome já sugere.

 

Industrial


Cadeiras e luminárias de ferro acompanhadas de móveis rústicos garantem uma ideia industrial a sua sala de jantar. O toque feminino fica por conta dos pontos de cor e das flores que enfeitam e dão vida para o espaço.

 

Retrô


Eletrodomésticos retrô, estampas alegres, revestimentos práticos e uma infinidade de cores alegram esta cozinha com atmosfera saudosista. O velho e o novo se encontram de forma singular nessa mistura e com toda certeza seu ambiente ficara mais alegre.


Moderno


Chão de cimento queimado, móveis modernos, quadro de personalidade e pra arrematar, um lindo balanço. O moderno traz tudo que é tendência pra fora e mostra sua personalidade criativa, a mulher moderna sabe o que quer e quando quer.

 

 

Fonte: Minha Casa Minha Cara

0
05 dicas para trazer um novo ar para suas paredes vazias.
março 2, 2017

Em qualquer casa sempre temos aquela parede vazia, aquela parede que pode não ser muito chamativa ou que você nunca pensou em fazer algo nela que possa tornar esse canto mais aconchegante. Por isso hoje vamos dar 07 dicas de como transformar e trazer uma cara nova para paredes sem vida.

01.   Decalques

O uso de decalques ou adesivos em uma parede é a forma mais pratica e fácil de preencher o vazio. A sua vantagem está que você pode trocar de adesivo sempre que enjoar do mesmo, fora que hoje muitos sites têm infinitas opções para combinar com seu estilo e sua casa ou apartamento.

02.   Espelhos

Todos os quartos merecem ter um espelho, pois ele consegue trazer uma sensação de que o quarto é maior do que ele realmente é. Mas saber em qual parede coloca-lo ajuda muito e seu tamanho também, evite espelhos que cubram toda a parede ou que deixem grandes lacunas na parede.

03.   Prateleiras

As prateleiras sempre foram a grande aliada de qualquer parede, pois além de te dar mais espaço para suas coisas elas conseguem deixar tudo com um ar de mais organizado. Por isso utilize de diversas cores, formas e tamanho.

04.   Parede lousa

O que mais se tem em alta hoje é essa parede, ela consiste em você pintar a parede com uma tinta preta fosca ou colar contact preto fosco em toda a parede. Assim ela acaba se tornando uma lousa e você pode escrever com giz, sendo fácil para limpar e podendo trocar o que quer se você escreva de forma rápida e prática.

05.   Grafite

Os traços ousados do grafite deixa sua parede com um ar de moderno e exclusivo, valorizando cada vez mais o seu espaço vazio.


Essas foram algumas dicas apenas, mas você mesmo pode ir além daquilo que foi dito aqui, crie, inove, mude e traga um ar de novo para suas paredes.


Fonte: Casa Claudia

0
05 dicas de decoração para sua casa.
fevereiro 22, 2017

Dizem que o ano do brasileiro só começa depois do carnaval, por isso aqui estão algumas dicas para revitalizar sua casa ou  apartamento e “começar” o ano de “casa nova”.


01. Tijolinhos

Os fãs desse revestimento podem comemorar, pois este ano ele continua sendo tendência na decoração. Um de seus pontos fortes é ser um ótimo aliado em espaços industriais e ainda trazer a sensação de aconchego ao ambiente. Outro ponto interessante é que eles deixam o lar com uma cara mais rústica.


02. Paredes de cortiça

A sustentabilidade está cada vez mais em alta nas tendências do décor. Além de naturais, as paredes de cortiça são práticas, adicionando cor e textura aos ambientes, enquanto permitem diversas composições e colaboram para o isolamento sonoro.


03. Verde

A cor verde foi eleita à cor do ano de 2017 (Já falamos sobre ela em outro post do blog). Ele tem aparecido com mais frequência nas passarelas e nos projetos de estúdios de design, dominando as paredes, os móveis e os acessórios em suas muitas nuancem.


04. Mesas de mármore

Uma ótima combinação de luxo e glamour, mesas de mármore sempre foram uma boa opção e esse ano veio para ficar – sejam grandes e chamativas para o jantar, pequenas e estilosas em qualquer espaço, ou em arranjos combinados no living.


05. Terrários

Terrários são simples, fáceis e elegantes de se cuidar, desde o pequeno ao grande todos são muito bonitos e causa um ar de natureza em sua casa ou apartamento, dando um tom vivo a todo o ambiente.


Essas foram algumas dicas de decoração para você que ainda “não” começou o ano ou pra você que quer revitalizar seu espaço e deixa-lo novo.

 

Fonte: Casa Claudia/Casa&Jardim

0
Siga a Jamaica Imóveis nas Redes Sociais

«fevereiro de 2018»
segterquaquisexsábdom
2930311234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627281234
567891011